segunda-feira, 6 de junho de 2016

Persistência ilógica


A frase de hoje, Triste Perspectiva,
poderia ser tão chocante,

que ficará melhor no blog Fama inFame
(http://famainfame.blogspot.com.br/2016/06/triste-perspectiva.html)

Daí, alentador seria pensar o que estes disseram:

"Quando estiver no inferno,
mantenha a calma e continue andando."

(Winston Churchill)
 
"Mesmo que não tenha motivos,
SORRIA sempre."
(Djavan / Charles Chaplin)

E se não disseram exatamente assim,
disseram algo parecido,
ou deveriam ter tido.



  

terça-feira, 29 de março de 2016

Poesia Muszicada



A poesia e a musa


A musa inspira
e a poesia pira.

A poesia é fogo,
se a musa está no jogo.

Que será que a musa usa?
Qual é a meta do poeta?

A poesia se reformula,
quando a musa se desnuda.

A poesia se desestimula,
quando a musa fica muda.

A poesia se enaltece,
quando a musa fala.

A poesia se emudece,
quando a musa cala.



quarta-feira, 16 de março de 2016

O mistério do ministério


O povo sempre foi usado, extorquido, ignorado, massacrado e até humilhado...

Mas nunca antes na história deste país e do mundo o povo foi tão OFENDIDO como hoje!


segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Poema perdido


"Quando nuvens parecem distantes, 
sempre vemos uma ave (ou uma nave) voando em nossa direção, 
enquanto todas as outras voam em sentido oposto, rumo ao sol!

Onde estavam as pessoas que me cercavam?

Para onde iam meus gritos 
que libertei de meu peito?

A que profundezas mergulhavam meus pensamentos 
em busca de mim mesmo?

Eu ouvia suas vozes, eu via seus brilhos, 
mas não podia tocá-las: eram apenas imagens?

Quem está aí? Ora, são ecos do nada..."



(André Martin, em algum momento na década de 80, entre 1980 e 1982)



segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Hora que rio, verão de quem


O pior dia do Horário de Verão
é a segunda-feira que se segue ao seu início.
Porque na hora de ir dormir no domingo,
seu corpo ainda insiste em obedecer seu relógio biológico, e vai dormir como de costume, mas já é tarde;
e na madrugada seguinte, seu despertador insiste em tocar uma hora mais cedo, e tem que levantar!
Então, na hora da manhã em que ontem era dia claro, hoje ainda é noite e escuro.
Conclusão:
Não é só você quem dorme mal e pouco... É todo mundo!
Todos passando pela mesma desagradável experiência imposta pelo horário artificial tornado oficial,
Independentemente de sua concordância ou repúdio, não é de se estranhar que o humor geral de todos não seja dos melhores ao longo do dia.
Depois você se acostuma, dizem.
Mas até lá, hoje vivemos a tal primeira segunda-feira novamente, como acontece todos os anos.
Apesar de tudo, é mais uma chance de desejar 
BOM DIA!


quarta-feira, 29 de julho de 2015

O que esperar do dia



Todos os dias quando eu saio de casa para ir trabalhar, quase madrugada ainda, antes do sol nascer, e caminho pelas ruas vazias e frias, eu me pergunto por que estou fazendo isto, se vale a pena esse sacrifício todo e se não haveria jeito mais fácil de viver a vida e dar mais atenção às coisas importantes e pessoas que nos são queridas.

Nem tanto por acordar, levantar, me aprontar e sair enquanto todos ainda dormem em casa. Isso, o despertador, o banho e a necessidade se encarregam de me fazer mover.

Por outro lado, sair sem ver ou conversar com ninguém, dá uma sensação de abandono que entristece a gente. Porque mesmo confiando que seu caminho será iluminado e guardado em boas mãos, a verdade é que nunca temos a certeza que voltaremos naquele dia e que surpresas (nem sempre agradáveis) nos aguardam no decorrer dele...

O jeito é seguir adiante, acreditar que fazemos o melhor que está ao nosso alcance naquele momento, e que cada instante se segue em desdobramento, explicações encontraremos depois, ou talvez não.

A cama que chama quentinha para permanecer num demorado abraço, o sono que alimenta a preguiça e convida para desistir e deixar tudo para as próximas horas, o tempo que passa e consome a juventude e oportunidades não vividas que estarão perdidas na memória e no remorso... Nada disto convence a não prosseguir no que continuamos a fazer.

Então buscamos desculpas, razões para justificar a vida como ela é, e não como gostaríamos que fosse.

Seja o dia lá na frente que esperamos compensar todo o esforço, seja o exemplo que seguimos ou deixamos com a intenção de fazer um mundo melhor, seja alguma comodidade ou bem de que não abrimos mão, seja por princípios inconscientes que nos alicerçam naquilo que somos e determinam nossos meios, caminhos e escolhas.

Não existe uma fórmula certa e universal. Cada caso tem suas peculiaridades. O que serve para uns, não se aplica a outros. O que funcionou antes pode ser inútil ou ineficaz agora ou depois. Enfim...

E lá vamos nós para a aventura do HOJE.

Bom dia!







China...


Estamos vendendo a alma para a China!

Há tempos eu venho dizendo e insisto:
o futuro da nossa civilização passa pela China.
Ou melhor:
a China passa (ou atropela) pelo futuro do mundo.
E na velocidade que vai e pela proporção que ela representa,
eu estimava entre 10 e 5 anos para ser a nossa realidade.

Depois do PT, a pior coisa que vai acontecer pro Brasil
e, neste caso, pro mundo,
é o domínio chinês em todos os setores,
sobretudo energético, primário e alimentício.

Veja abaixo o resumo das notícias mais recentes
e que nos dizem respeito.

A nossa sobrevivência pode significar surfar nessa onda!

"China triplica compras de petróleo brasileiro"

"A china tornou-se o principal destino do petróleo do Brasil no exterior.
 De janeiro a maio, o país asiático mais do que triplicou as compras do produto brasileiro.
 Foram 5,4 milhões de toneladas - 35% do volume embarcado.
Os Estados Unidos, maiores importadores de petróleo brasileiro em 2014, elevaram as compras, mas não tanto quanto os chineses.
Esses cinco primeiros meses também foram os de maior exportação de petróleo na história brasileira.
 Foram mais de 15 milhões de toneladas - alta de mais de 80% frente ao período de 2014.
A China passa a ser o maior comprador de quatro dos dez produtos mais vendidos pelo Brasil no exterior.
 Além do petróleo, o país asiático é o principal destino da soja, da celulose e do minério de ferro brasileiros."

(fonte: Folha Corrida do jornal Folha de S.Paulo de 09/06/2015)


sexta-feira, 8 de maio de 2015

Oração ao sair de casa



"Obrigado, Senhor, por mais este dia de hoje.

Obrigado por tudo o que me aconteceu ontem,
e da forma como tem acontecido,
mesmo que não fosse do meu agrado,
porque confio que zela por mim.

Proteja esta casa que deixo para ir trabalhar,
e proteja os que nela vivem,
acompanha-os em sua jornada.

Que nada nos falte,
que nossas necessidades sejam supridas,
e nossas dificuldades superadas.

Ilumina meu caminho,
e que todos que nele estejam
sejam tocados e abençoados.

Que o trabalho seja tranqüilo, 
bem sucedido e reconhecido.

Que a volta seja segura,
e eu reencontre todos os queridos bem,
porque assim cuida de nós.

Bom dia.

Amém."


(Mesdre)

sábado, 25 de abril de 2015

Carta ao jornal sobre colunas e notícias online versus impressas no papel

Prezados,

É um imenso desrespeito aos leitores acreditar e exigir que estes tenham acesso à internet ou versão online do jornal, ou que queiram ler dessa forma.

É admissível, inteligente e prático oferecer também a mesma notícia ou outras mais e mais detalhes por meio eletrônico além do restrito espaço físico do jornal impresso.

Eu sempre fiquei incomodado na página da Folha Corrida (que geralmente encerra o caderno Cotidiano) quando vem chamada de um link online de uma notícia que não está também noutra parte do jornal, mas apenas virtualmente. Entretanto, eu pensava: ok, estão fazendo propaganda de seu conteúdo na internet, onde terão mais liberdade e recursos de apresentação, e aquela notícia não deve ser relevante.

Mas jornal é JORNAL. E seu leitor, assinante ou não, tem direito de folhear e ler a notícia por inteiro e completa.

Estou indignado, revoltado, abismado, com a notícia informada ontem no caderno de Esporte por Fábio Seixas de que sua coluna deixa de circular a partir daquela.

É um insulto ao assinante, que acompanha sempre o automobilismo e especialmente a Fórmula 1, independentemente de ter grandes ícones nacionais que virem heróis para o jornal vender mais notícia, esta atitude da Folha de S.Paulo.

Eu particularmente anseio por cada sexta-feira, não porque termina a semana ou porque precede o sábado e um fim de semana, mas por causa da certeza que o jornal que assino traz uma coluna, pelo menos, com informações sobre o esporte que eu gosto.

Saibam, editores e jornalistas, que ESPORTE não é sinônimo de futebol, como tende a reportar a maior parte das notícias esportivas no Brasil.

A extinção desta coluna no jornal impressa é de se lamentar e protestar! (Farei isto em outras mídias.)

Não é porque existe a versão online da Folha de S.Paulo (que aliás restringe pesquisas de notícias para quem não tem o número de assinante à mão ou nem sabe sua senha por não usar este meio), que o jornal pode assumir que todo leitor que prefere ler no papel irá ler a mesma notícia (ou outras mais) na internet.

Quando tomarem essa atitude, assumam também que perdem um leitor (ou vários) em vez de ganhar outros ou economizarem algo.

Como último apelo, insisto para que mantenham pelo menos a coluna de Fábio Seixas, Motor, Stop&Go, Warm Up, ou seja lá que nome tenha, mesmo que ignorem o assunto nos demais dias da semana como de costume já fazem.

Atenciosamente,
André Ferreira Martin


Bônus:

Veja também, eu escrevi um artigo, em duas partes, que falava dos lamentos de um fã de Fórmula 1, é um dos temas citados foi o descaso e a falta de notícias relativo a este esporte.

http://mesdre.blogspot.com.br/search?q=fandefum

domingo, 15 de março de 2015

Chocolates na Páscoa


Os supermercados já estão cheios de túneis de ovos de Páscoa, e há propaganda nos bombardeando de todos os lados.

Em 2014, fiz um álbum de fotos no facebook e um artigo para este álbum, analisando os preços de chocolate para ovos de Páscoa.


O conteúdo do artigo ainda procede e sobretudo o alerta.

Mas os preços variaram, e desconfio que bastante! Ainda vou atualizar todos os valores.

A barra de chocolate Nestlé Classic, por exemplo, subiu de R$ 4,19 em 30/03/2015 para R$ 5,98 em 14/03/2015.

Ou seja, em praticamente um ano, teve alta de R$ 1,79 e que corresponde a um aumento de 42,7% (quase a metade do valor a mais) !!

E depois dizem que não temos crise, não existe inflação, e a inflação oficial de 2014 é de 7%...

Hmf, sei!... Observando bem, os 7% foi o que faltou nos 43% de inflação real para inteirar os 50% de aumento. Assim a conta fecha.




sexta-feira, 28 de novembro de 2014

A vida vale a pena



Quando me perguntam:
"como você está? como você vai?",
eu penso e respondo:
"sobrevivendo, um dia após o outro,
nem sempre do jeito que eu gostaria,
mas certamente do jeito que Deus quer.",
o que podemos traduzir,
para melhor conforto pessoal,
"uma vitória a cada dia, aos trancos e barrancos".

Isto parece não soar muito feliz...
Pode ser que sim, pode ser que não...
Primeiro preciso encontrar a melhor definição de felicidade,
para depois eu responder isto com mais certeza.

É comum a gente ter dias a se sentir triste,
querendo mudar algo em si,
uma insatisfação interior e de fatos
mal resolvidos há algum tempo
(muitas vezes, muito tempo),
sempre sentindo faltar algo...

Se for homem, logo pensa: é falta de sexo!!
Ah, se tudo fosse tão simples de se resolver assim...
(mesmo assim, esse "simples" é muito complicado! rs)

Porém, para resolver a questão,
muitas vezes, eu me coloco diante do seguinte dilema:
"será mesmo preciso mudar? ou me adaptar?
romper? ou superar?
esquecer? ou tirar lições?"

Daí, diante do impasse, eu me faço a seguinte pergunta:
"suponha que você morra agora e tenha a chance de rebobinar a fita,
recomeçar desde lá no comecinho, de quando você se dá por gente,
você faria diferente? você escolheria mudar?"

Deixa eu desenhar melhor esta alegoria...
A idéia do fazer diferente
não é aplicar essa possibilidade
apenas a algumas coisas (as ruins),
mas a tudo, tudo!
A proposta da troca é para o combo, pacote fechado.

Faz de conta que
enquanto anjinho antes de nascer (ou reencarnar, como queira)
lhe seja dado a opção que conhecer a vida que você irá viver,
seus pais, irmãos, filhos, amigos, inimigos,
as pessoas do bem e do mal
que cruzarão por seu caminho algum dia
e deixarão sua marca em você, e você a sua na deles...
Você faz uma escolha: esta que você tem!

Suponha que, por algum evento raro,
lhe seja dada a opção de escolher de novo:
reviver a sua própria vida já vivida,
ou viver a vida de outra pessoa,
com todos os seus prós e contras,
felicidades e infelicidades...

Eu tenho certeza que, no meu caso, eu escolheria esta mesmo!
(e olha e ainda não terminei, não sei ainda o que me reserva o futuro!)

A minha resposta, quando penso seriamente nisto,
é sempre a mesma, quase convicto:
eu não mudaria em nada!

Acredito que minhas conquistas,
tanto quantos as derrotas,
e minha convicção
foram sempre as mais acertadas que pude fazer e obter,
e não abriria mão delas.

Acredito que eu sou o que sou, graças ao que fui, ou apesar de ter sido.
Não importa! Sei que se apagar qualquer pedaço do meu passado,
já não serei mais eu, eu seria outra pessoa.

Portanto, eu me vejo obrigado a então pensar que
até as coisas que não me agradam
podem ter sido escolhidas por mim mesmo,
como preço do que sou hoje, mesmo sem saber disto antes.
E pode ser que tenha ainda várias coisas boas
me esperando para vivenciar, assim que for o tempo!

Quantas vezes você já se viu numa situação
em que tudo parece perdido, e tempos depois
você se vê noutra situação bem diferente,
que nem havia imaginado que chegaria,
muito menos ainda se tivesse desistido naquele tempo?
Esperar pode ser a mais sábia das atitudes,
quando não se sabe o que mudar nem como.

Então, não é correto lamentar. Posso, mas não devo!




Bônus:

Sobre estes temas, sugiro os seguintes posts:

a) Vitórias versus Conquistas:
http://mesdre.blogspot.com.br/2014/11/vitorias-e-conquistas.html


b) Sobreviver, antes de tudo:
http://mesdre.blogspot.com.br/2012/03/para-sobreviver-num-mar-de-lama.html


c) Detalhes infelizes:
http://mesdre.blogspot.com.br/2011/12/o-quase-feliz-2.html


d) O EU presente são os EUs passados:
http://mesdre.blogspot.com.br/2009/12/o-ego-presente.html


e) A vida como um rio:
http://mesdre.blogspot.com.br/2011/12/mae-sabe-das-coisas-5.html


f) Como vai?
http://mesdre.blogspot.com.br/2010/10/o-tudo-e-o-bem.html


g) Como amanhecer:
http://mesdre.blogspot.com.br/2010/08/como-amanhecer.html


h) Se eu morrer amanhã...
http://mesdre.blogspot.com.br/2010/09/se-eu-morrer-amanha.html





Related Posts Relacionados with Thumbnails